Pokémon GO viu seu gráfico de downloads aumentar gradualmente depois da atualização AR+ que recebeu em dezembro de 2017.

A primeira versão, lançada em 2016, fez um sucesso estrondoso, se tornando um fenômeno mundial. As pessoas saíam de suas casas para capturar Pokémons e havia uma grande interação entre os novos ‘mestres Pokémon’ do mundo real. Mas como nem tudo são flores, no Brasil e em outros países de terceiro mundo por exemplo, várias pessoas começaram a serem assaltadas por andarem meio que no mundo da lua com seus smartphones nas mãos.

Devido a isso, e também à falta de atualizações por parte da Niantic Labs – desenvolvedora do game -, Pokémon GO acabou caindo em desgosto. Porém, no dia 21 de dezembro, ele ganhou um novo sopro de vida graças à atualização AR+, exclusiva para iPhones 6S ou aparelhos superiores com iOS 11. O aplicativo retornou ao topo da App Store da Apple.

Final de ano da App Store

A última semana de 2017 foi incrível para a Apple de maneira geral, pois foram comercializados mais de US$890 milhões em aplicativos e compras dentro de aplicativos entre os dias 24 a 31 de dezembro de 2017. E 2018 já começou com tudo, só no ano novo os consumidores gastaram a enorme quantia de $300 milhões.