Crítica massacra filme Bright do Netflix

O filme Bright ainda não estreou oficialmente na Netflix, porém, várias pessoas já tiveram acesso ao conteúdo do mesmo, e a crítica de modo geral vem ‘massacrando’ o longa dirigido por David Ayer (Esquadrão Suicida).

Em seu Twitter, o crítico David Ehrlich, que faz parte do site IndieWire, disse que Bright é “o primeiro lançamento de mega-orçamento da Netflix, e consegue ser o pior filme de 2017”.

Aparentemente o diretor não gostou muito de ler isso, e respondeu de forma irônica.

“Isso será colado na minha geladeira. De qualquer forma, uma forte reação é o melhor elogio. Esse é um review épico pra c*ralho. É um filme muito divertido. Você com certeza sabe como juntar palavras Sr. Erlich. Eu adoraria ler qualquer roteiro escrito por você.”, disse Ayer.

O crítico respondeu o diretor dizendo:

“Você é um bom homem, sr. Ayer. Estarei esperando com novos olhos para o que vier depois.”

Ayer então agredeceu Ehrlich dando fim a “discussão”, dizendo:

“Eu realmente agradeço por isso. Em todo filme eu trabalho com muito amor. Eu nunca fui atrás da audiência, e eu sei que meu trabalho é polêmico. Eu vivi um amor louco e acho que meus filmes refletem isso.”

Birght estreia amanhã (22 de dezembro) na Netflix.