Raquel Murillo La Casa de Papel

Encarregada de revolver o assalto à Casa da Moeda da Espanha, Raquel Murillo é uma inspetora da polícia, bastante reconhecida por executar bem seu trabalho.

Força, inteligência e calma, são pontos fortes que a qualificam para negociações com assaltantes. Mas apesar desta imagem que ela passa em quase todo o tempo, o assalto a pegou em um dos piores momentos da sua vida pessoal.

Tentando lidar com seus problemas e seu trabalho, surgiu ainda uma paixão por ‘El Profesor’, que ela não imagina ser o líder do plano, com quem ela negocia e tenta convencer uma possível rendição.

Raquel Murillo nos proporcionou excelentes momentos na primeira parte da série, confira alguns!

Melhores cenas de Raquel Murillo em La Casa de Papel:

​​Quando ela aceita o ‘caso’​

Raquel Murillo La Casa de Papel ep. 2
(Netflix/Reprodução)

Apesar de estar preparando o aniversário de sua filha (Paula), juntamente com sua mãe, ao receber o telefonema sobre o assalto à Casa da Moeda, Raquel Murillo prontamente aceita o ‘caso’. Fica nítido seu comprometimento com seu trabalho, apesar da frustração de ter que deixar Paula e sua mãe.

​Quando ela fala pela primeira vez com ‘El Profesor’

Raquel Murillo La Casa de Papel ep. 2 2
(Netflix/Reprodução)

Raquel pede que liguem para a Casa da Moeda para que ela fale com o mandante do assalto. É o primeiro momento que vemos sua frieza, suas palavras calculadas e suas ações conforme vai interpretando o que escuta de ‘El Profesor’. Ela é capaz até mesmo de responder com uma ‘piada’.

Quando enfrenta o chefe de Inteligência

Raquel Murillo La Casa de Papel ep. 2 3
(Netflix/Reprodução)

Fica muito claro o incômodo de Raquel ao ver a equipe de Inteligência na tenda armada para negociação com os assaltantes. O melhor momento que vemos, é quando ela enfrenta Coronel Pietro, para evitar que invadam a Casa da Moeda e provoquem uma carnificina.

Quando usa o celular do ‘El Profesor’ pela primeira vez

Raquel Murillo La Casa de Papel ep. 2 4
(Netflix/Reprodução)

Que cena mais óbvia, não? O celular zerar a bateria bem do lado do líder do assalto! Mas isso não significa que ela não foi legal, causando surpresa e já mostrando uma possível aproximação entre os dois.

Quando ela volta à liderança das negociações/investigações

Raquel Murillo La Casa de Papel ep. 3
(Netflix/Reprodução)

Raquel Murillo havia desistido das investigações após as divergências de opiniões com Inteligência sobre como resolver o assalto. Mas o comissário (seu chefe) a fez perceber que ela era a única capaz de resolver aquela situação, sem violência.

Quando ela desconfia pela primeira vez de ‘El Profesor’ na cafeteria

Raquel Murillo La Casa de Papel ep. 3 2
(Netflix/Reprodução)

Devido às perguntas ‘curiosas’ e insistentes do Professor a respeito do assalto para a inspetora, ela desconfiou dele pela primeira vez. Ele foi ‘salvo’ graças ao dono do estabelecimento, que o defendeu dizendo que sempre o via por ali.

Quando ela autoriza que atirem em Arturo Román

Raquel Murillo La Casa de Papel ep. 4
(Netflix/Reprodução)

Esse foi um dos piores momentos de Arturo Román em La Casa de Papel. Pressionada por todos ali, que estavam vendo Arturo com uma arma apontada pra cima, Raquel autorizou que o atirador disparasse. Após perceber que era um refém, ela se desesperou.

Quando a vemos prendendo o cabelo

Raquel Murillo La Casa de Papel ep. 7
(Netflix/Reprodução)

Desde a primeira vez que Raquel pediu para falar com ‘El Profesor’ em La Casa de Papel, a vemos prendendo seu cabelo com um lápis. Isso foi ficando mais frequente, se tornando sua marca ao longo das conversas.

Quando pede que liberem Alison Parker

Raquel Murillo La Casa de Papel ep. 7 2
(Netflix/Reprodução)

Ao negociar com ‘El Profesor’ sobre a saída de 8 reféns da Casa da Moeda, Raquel é obrigada a decidir entre liberar 8 alunos ou somente Alison Parker, a filha do embaixador. Novamente pressionada pela chefe de Inteligência, ela decide por Parker, o que a coloca em maus lençóis, já que o Professor decidiu liberar a gravação sobre sua escolha equivocada para a imprensa.

Quando ela percebe que quase pegou ‘El Profesor’ no ferro velho

Raquel Murillo La Casa de Papel ep. 7 3
(Netflix/Reprodução)

Raquel foi com Angel investigar o carro que Rio e Toquio usaram na visita à Casa da Moeda antes do assalto. O Professor estava lá no ferro velho, limpando as digitais, e foi obrigado a se esconder e se ‘transformar’ em um mendigo para se livrar da polícia.

Ao sentir o cheiro forte do local e perceber que alguém esteve ali recentemente, Raquel logo percebeu que o ‘mendigo’ que ela deixou escapar, era o líder do assalto.

Quando ela aponta a arma para ‘El Profesor’ na cafeteria

Raquel Murillo La Casa de Papel ep. 11
(Netflix/Reprodução)

Devido aos avisos de Angel, Raquel também passou a desconfiar do Professor, especialmente por estar sempre na cafeteria e por “trabalhar” próximo, dizendo fabricar cidra.

Ao marcar um encontro com ele, e pedir que olhasse debaixo da mesa, ‘El Profesor’ é surpreendido com Raquel apontando a arma para ele.

Quando pede ao Professor que a leve a Toledo

Raquel Murillo La Casa de Papel ep. 13
(Netflix/Reprodução)

Como bem sabemos, Toledo foi onde tudo começou. Ao descobrir a casa em que os assaltantes permaneceram antes do assalto, Raquel pede ao Professor que a acompanhe até lá.

Nesse momento, ela não poderia imaginar que estava levando justamente o líder do assalto ao lugar onde ele esteve por tantos dias treinando os assaltantes.

Muito provavelmente, para a segunda parte da temporada da série, que estreia em abril, ainda teremos mais momentos marcantes de Raquel Murillo.​ ​

Acrescentaria mais algum à lista?