​Berlim, interpretado por Pedro Alonso, é um dos personagens mais marcantes da série La Casa de Papel até agora. Ele se tornou o responsável pelo grupo de assaltantes ao entrarem na Casa da Moeda da Espanha. Em sua trajetória de vida, Berlim se ‘especializou’ em roubo de joias, entrando no mundo do crime para manter um alto padrão de vida, ao qual estava acostumado.

O personagem não é exatamente a pessoa mais fácil de lidar, já protagonizando algumas das maiores desavenças enquanto o plano do assalto está sendo executado – especialmente com Tóquio, também de personalidade difícil e forte.

Amado por muitos telespectadores, e odiado por outros tantos, seguimos o acompanhando no maior assalto da Espanha, mas antes de chegar ao fim, vale rever seus melhores momentos na primeira parte da temporada da série. Confira!

Melhores cenas de Berlim em La Casa de Papel:

Quando falou com Arturo Román pela primeira vez

Berlim La Casa de Papel ep. 1
(Netflix/Reprodução)

Arturo, o diretor da Casa da Moeda, protagonizou alguns péssimos momentos na primeira parte da série. O primeiro deles, foi ao tentar espiar o que os assaltantes faziam ao esperar a polícia chegar ao local, como se fossem tentar fugir.

Quando Berlim percebeu o que o refém fazia, não pensou duas vezes em deixá-lo morrendo de medo, ao dizer que nos filmes os que sempre morrem, são justamente os caras ‘legais’ como ele.

Quando o vemos pela primeira vez analisando os passos dos policiais

Berlim La Casa de Papel ep. 2
(Netflix/Reprodução)

Berlim assumiu o comando dentro da Casa da Moeda. Logo no início do segundo episódio, já podemos vê-lo “em ação”, analisando os passos da polícia e serviço de inteligência, e explicando a Rio sobre as medidas que tomariam, com bastante tranquilidade.

É o momento que entendemos um pouco de o porquê de ele ter recebido essa tarefa, e não outro.

Quando ele descobre que Mónica está com um celular escondido

Berlim La Casa de Papel ep. 3
(Netflix/Reprodução)

Nesta cena, eu fiquei com pena da Mónica – assim como vários telespectadores -, mas também foi muito legal ver a reação de Berlim, resolvendo friamente a situação.

Quando o vemos pela primeira vez no seu “escritório”

Berlim La Casa de Papel ep. 4
(Netflix/Reprodução)

Com seu jeito prepotente, e se sentindo superior aos seus companheiros, ele realmente se sente o máximo na sala que escolheu como seu ‘escritório’, e não podemos dizer que não caiu bem para ele. Fala sério, Berlim nasceu pra isso!

Quando ele compartilha com os reféns as ‘boas notícias’ do assalto

Berlim La Casa de Papel ep. 8
(Netflix/Reprodução)

Berlim decide dar boas notícias para os reféns, contando o quanto de dinheiro já haviam impresso, agradecendo ao Sr. Torres por sua colaboração para o plano e mostrando a todos que Arturo estava bem após a sua cirurgia.

Um ato questionável sobre as suas atitudes vistas dentro da Casa da Moeda, até então, mas uma atuação impecável de Pedro Alonso.

Sua reação ao ver as notícias com seu nome na TV

Berlim La Casa de Papel ep. 9
(Netflix/Reprodução)

Mesmo sendo um assaltante, Berlim tem uma reputação a zelar. Para ele, era inadmissível as notícias que a polícia plantou nos noticiários, como se ele abusasse de mulheres, para que a população ficasse contra os assaltantes.

Quando revela ao ‘El Profesor’ que Mónica está viva

Berlim La Casa de Papel ep. 9 2
(Netflix/Reprodução)

Berlim ficou extremamente ressentido por ‘El Profesor’ revelar sua identidade para a polícia, ainda mais pelas notícias que estava circulando ao seu respeito. Numa atitude de superioridade, ao ter descoberto que Mónica estava viva, sendo escondida por Denver, ele se aproveitou da situação para dizer ao Professor que ‘não tinha motivos’ para sua ação.

Quando recebe Raquel Murillo na Casa da Moeda

Berlim La Casa de Papel ep. 10
(Netflix/Reprodução)

Em um ato de naturalidade, como se nada estivesse acontecendo ali, Berlim se senta ao lado da inspetora Raquel enquanto os reféns desfilam um a um para que ela garanta que todos estão vivos.

Quando compartilha com seus companheiros que tem uma doença terminal

Berlim La Casa de Papel ep. 10 2
(Netflix/Reprodução)

Berlim escondia de todos que o resta pouco tempo de vida. Mas Raquel acabou entregando seu segredo. Assim, ele decide compartilhar que possui uma doença degenerativa, mas que não deviam ficar tristes, pois todos vão morrer um dia, e propôs um brinde porque estão vivos.

Quando ele chega no cofre pra comemorar com todos

Berlim La Casa de Papel ep. 11
(Netflix/Reprodução)

Berlim, ao ouvir gritos no cofre, corre para ver o que está passando. Quando vê os companheiros comemorando por Moscou ter encontrado terra, logo começa a cantar “Bella Ciao” com todos.

A última noite em Toledo com ‘El Profesor’

Berlim La Casa de Papel ep. 13
(Netflix/Reprodução)

Como não mencionar a cena em que Berlim e ‘El Profesor’ cantam juntos ‘Bella Ciao’. O personagem interpreta a música com paixão (e perfeita sintonia com o Professor, com quem dá sinais de uma possível relação), se tornando uma cena ícone de La Casa de Papel.

Muito provavelmente, para a segunda parte da temporada da série, que estreia em abril, ainda teremos mais momentos marcantes de Berlim.​ ​

Acrescentaria mais algum à lista?