Merlí Netflix

Um professor de escola pública oferece aos alunos do ensino médio a possibilidade de repensarem a realidade que eles conhecem através da filosofia. É o ponto de partida da série Merlí, dirigido por Eduard Cortés e produzida para a TV na Catalunha.

O roteiro, que é de Héctor Lozano, surgiu após uma conversa com um professor: “Gostei da ideia de um professor que sabe motivar seus alunos”. O fato de escolher a filosofia como o assunto ensinado pelo professor acabou sendo natural: “Eu sempre gostei”.

No final de 2016, a Netflix adquiriu os direitos da primeira temporada de Merlí a fim de exibí-la internacionalmente.

Conheça mais sobre a série!

A série Merlí

Abertura Merlí

Nikolai Rimsky-Korsakov
(Famous People/Reprodução)

Na curiosa abertura de Merlí, uma mosca voa ao som do Vôo do Besouro, de Nikolai Rimsky-Korsakov. O inseto é referência a Sócrates, que, se dizia uma mosca chata a importunar os atenienses com questionamentos e desafios -, que ensinava, sem ensinar nada. Uma metáfora a toda filosofia e seus admiradores.

Personagens

Merlí Personagens
(Obvious/Reprodução)

A série conta com um elenco baseado na vida estudantil: adolescentes e professores, em sua maioria. Além deles, também traz parte das famílias, complementando a trama.

Alunos

Bruno Bergeron (David Solans)
Pol (Carlos Cuevas)
Tânia (Elisabet Casanovas)
Marc (Adrián Grösser)
Mònica (Júlia Creus)
Joan (Albert Baró)
Gerard (Marcos Franz)
Berta (Candela Antón)
Oliver (Iñaki Mur)
Ivan (Pau Poch)
Oksana (Laia Manzanares)

Professores

O corpo docente do Instituto Àngel Guimerà recebe professores diferentes a cada ano. Confira os que passaram pela escola:

Merlí Bergeron Calduch (Francesc Orella)
Toni (Pau Durá)
Eugeni Bosc (Pere Ponce)
Coralina (Pepa López)
Santi (Pep Jové)
Gloria (Assun Planas)
Silvana (Carlota Olcina)
Gabi (Pau Vinyals)
Elisenda (Sandra Monclús)
Millán (Ferran Rañé)
Mireia (Patrícia Bargalló)
Laia (Mar del Hoyo)
Albert (Rubén de Eguía)

Parentes

Carmina Calduch (Ana María Barbany): Mãe de Merlí e avó de Bruno;
Gina Castells (Marta Marco): Mãe de Gerard;
Jaume Capdevila (Jordi Martínez): Pai de Joan;
Aurèlia Bonet (Victòria Pagès): Mãe de Joan;
Míriam Blasco (Anna Ycobalzeta): Mão de Ivan;
Elsa García (Marta Domingo): Mãe de Berta;
Óscar Rubio (Oriol Pla): Irmão de Pol;
Enric Grau (Carlos Vicente): Pai de Oliver;
Alfonso Rubio (Boris Ruiz): Pai de Pol e Óscar;
Lídia (Anna Barrachina): Mãe de Marc e Pau Vilaseca;
Pau Vilaseca (León Martínez): Irmão de Marc;
Anna (Cristina Genebat): Mãe de Oliver;
Ricard Vilaseca (Isaac Alcayde): ex-marido de Lídia e pai de Marc e Pau;
Júlia (Elena Vilaplana): Mãe de Tânia.

Curiosidade Personagens

Canal de Gerard Piguillem no YouTube - Merlí
(YouTube/Reprodução)

Durante a primeira temporada (2015), um canal promocional do YouTube foi criado com o nome de Gerard Piguillem, onde os atores Marcos Franz e Adrián Grösser (como seus personagens) fizeram uma espécie de diário sobre o dia a dia no ano letivo com o novo professor.

Merlí Temporadas

Merlí temporadas
(Metro Jornal/Reprodução)

Com um total de 40 episódios, a série Merlí contou com 3 temporadas:

1ª temporada Merlí

Merli Bergeron, um professor de filosofia, é despejado e vai viver com sua mãe, Carmina Calduch. Ele terá que terá aprender a conviver com seu filho de Bruno, que até então morava com sua ex-esposa.

Merlí é contratado no Instituto Àngel Guimerà. Lá, com seus métodos imprevisíveis e pouco ortodoxos, ele dará sua opinião e também ajudará os alunos a solucionar problemas pessoais, mesmo que de maneira repreensível.

Seus alunos, a que ele chama de “peripatéticos”, são um grupo distinto: Pol, um repetente; Berta, que inicialmente não se entende com Merlí; Marc, um cara simpático; Ivan, um menino que sofre de agorafobia e não se atreve a sair de casa; Tânia, uma garota extrovertida e melhor amiga de Bruno; Gerard, um menino apaixonado que pedirá conselhos amorosos; Joan, um menino tímido e estudioso com uma família muito rigorosa; Mònica, uma estudante nova e muito madura; e Oliver, outro menino novo, gay e super confiante.

2ª temporada Merlí

O segundo ano começa no Instituto Àngel Guimerà e os alunos recebem Merlí com alegria. Os “peripatéticos” amadureceram um pouco, mas no fundo ainda são os adolescentes felizes e inseguros que já conhecíamos na primeira temporada. Há também uma nova aluna, Oksana.

Na sala dos funcionários, no entanto, Merlí não é tão bem recebido. Além de Eugeni, com quem ele não teve uma boa relação desde o princípio, há uma nova adversária, desse vez comum aos dois: Coralina.

Millán, professor de língua espanhola, e Elisenda, de inglês, também fazem parte da nova equipe de professores.

No instituto, Merlí fará as aulas de uma forma ainda menos ortodoxa do que na primeira temporada. Qualquer lugar, incluindo um shopping center, servirá para explicar os filósofos cínicos, os estóicos, Descartes, Hobbes ou os pré-socráticos. Entre os novos filósofos que aparecerão este curso, há também Hiparquía de Maronea .

3ª temporada Merlí

Neste final de ano, Merlí vive mudanças, tanto em casa como no instituto. Bruno foi morar em Roma e Calduch fará uma turnê de teatro na Espanha.

O professor, que sempre preferiu ser independente e não incomodar ninguém, vai sofrer com essa solidão. E, no instituto, tudo vai complicar com a chegada de Silvana.

Além disso, uma série de erros do protagonista fará com que seu relacionamento com Gina fique em perigo, o que pode o levar a repensar muitas coisas e se adaptar a novas situações, fazendo com ele se torne seu pior inimigo.

Mas um professor como ele, fará todo o possível para não sair do lugar que lhe pertence: o do professor preferido de seus peripatéticos.

Ele terminará o curso explicando novos pensadores como Hannah Arendt, Kierkegaard, Albert Camus , Karl Marx e Santo Agostinho .

Por que assistir a série Merlí?

Merlí elenco
(The Daily CAV/Reprodução)

Uma lista de 6 motivos principais pelos quais vale a pena dar uma chance à série Netflix:

A filosofia

Quantos de nós enquanto alunos, somos/fomos levados a pensar que filosofia era uma matéria ‘chata’ e de que de nada nos serviria, a não ser se que decidíssemos segui-la como carreira?

Pois é, Merlí nos apresenta outro contexto, com pensamentos de filósofos e pensadores importantes, que podem ser usados em diversas áreas da vida.

Se você nunca ouviu falar de Platão, Aristóteles, Judith Butler, Hume, Epicuro, Nietzsche, e muitos outros, essa é a hora!

Relação professor x aluno

Ainda na escola ou faculdade, a maioria de nós também enxerga os professores como pessoas que não podem ser próximas de nós (a grande maioria pelo menos), e que só devem nos ajudar com dúvidas sobre a matéria que leciona, nada mais.

Merlí traz um ponto de vista completamente diferente, contribuindo para a vida de seus alunos, os ajudando a solucionar suas crises ou dando ‘armas’ para que busquem soluções.

Ele também nos mostra o quão difícil é ser este tipo de professor, contudo é possível vermos muito mais pontos positivos que negativos ao levar assim a carreira, que nada mais é, que formar além de profissionais, seres humanos prontos para viver.

Vida real

Conflitos adolescentes, problemas de relacionamentos entre pais e filhos, paixões, amores não correspondidos, traições, frustração na carreira e volta por cima. São esses os principais motivos por nos identificarmos tanto com Merlí, que traz situações que todos vivemos, ou podemos viver um dia. Bem vida real!

Língua catalã

É sempre positivo termos contato com novas culturas, e a língua é uma forma de nos aproximarmos delas.

O idioma original de Merlí é o catalão, língua românica derivada do latim vulgar falado pelos romanos na Idade Antiga.

Possui mais de 10 milhões de falantes, entre Espanha, Andorra, Itália e França.

Em alguns momentos, a língua se assemelha ao Espanhol, possuindo suas particularidades e curiosidades, especialmente em relação à palavras.

Barcelona

Merlí se passa em Barcelona, Espanha, e frequentemente é possível vermos pontos importantes da cidade. Quem tem vontade de conhecê-la, é um passo a mais pra sentir um pouco do que é a capital da comunidade autônoma da Catalunha.

Merlí Bergeron

E como último motivo para assisti-la, mas não menos importante, o personagem que dá nome a série, é certamente uma grande razão.

Com personalidade cativante, pela inteligência, didática, dizer o que pensa, fazer o que tem vontade e se permitir modificar a todo momento, ainda que algumas mudanças lhe custem, é praticamente impossível não amá-lo e torcer por ele até quando sabemos que não está agindo de forma 100% correta.

Merlí tem 60 anos na série, e é decididamente um mau caráter, mas que faz bem às pessoas à sua volta. De certa forma, se converte em uma aspiração para nós, por viver intensamente, e não possuir certos clichês que acabam tornando nossas vidas mais complicadas do que deveriam.

Merlí Netflix

Merlí Netflix
(Netflix/Reprodução)

Todas as temporadas de Merlí estão disponíveis na Netflix, em idioma catalão (original), espanhol euroupeu e inglês, com legendas em português, espanhol e inglês.

Já assistiu a série? O que achou?