Curiosidades Incrível Hulk

O Incrível Hulk é um dos super-heróis mais famosos e icônicos da Marvel. O monstro verde divide o corpo com Bruce Banner, um cientista brilhante que teve uma vida bastante conturbada desde sua nascença. Suas personalidades quase sempre se chocam, fazendo com que haja uma disputa para ver quem ganha.

O personagem normalmente é incompreendido e mal interpretado, mas geralmente suas ações são para o bem.

Ele possui em sua história diversas curiosidades, algumas desconhecidas por grande parte do público. Confira!

25 fatos curiosos sobre o Incrível Hulk, o Gigante Esmeralda da editora Marvel

Criação e primeira aparição

Incredible Hulk Vol 1 1
(Comic Store Marvel/Reprodução)

O personagem Hulk, codinome de Dr. Robert Bruce Banner (mais conhecido apenas como Bruce Banner), foi criado pelas lendas dos quadrinhos; Stan Lee e Jack Kirby, aparecendo pela primeira vez há quase 56 anos, na HQ “Incrível Hulk Vol. 1 #1” lançada em maio de 1962.

Teve uma infância triste

Brian Banner, pai de Bruce Banner
(Comic Vine – GameSpot/Reprodução)

O pai de Bruce, Brian Banner, nunca quis ter filhos, pois viveu vários traumas em sua infância devido ao tratamento que sua família (mãe e irmãs, Susan e Elaine Banner) recebia de seu pai, Bruce Banner I, um homem muito abusivo.

Brian acreditava que seu pai era, na verdade, um monstro e que por isso havia herdado o “gene monstro”, decidindo que não deveria dar continuidade à sua família.

Justamente por isso, Bruce Banner teve uma das infâncias mais tristes das histórias da Marvel Comics, já nascendo odiado por seu pai, que além do triste histórico familiar que carregava, era alcoólatra. Ele acreditava que seu filho era um monstro que traria desgraça ao mundo, o ignorando e tentando fazer com que sua mãe Rebecca também o ignorasse.

Felizmente, ela o amava profundamente, mas isso acabou despertando ciúmes em Brian Banner, que foi se tornando cada vez mais agressivo, e tanto Rebecca quanto Bruce foram abusados psicologicamente e fisicamente durante vários anos.

Seu pai matou sua mãe

Rebecca Banner é morta por Brian Banner
(Comic Vine – GameSpot/Reprodução)

Brian conheceu Rebecca na faculdade, com quem se casou; e após conseguir um emprego no governo, como membro de um projeto que tentava desenvolver uma maneira limpa de criar energia nuclear, o estresse acabou fazendo com que se tornasse um alcoólatra com problemas de raiva.

Mesmo jurando nunca ter filhos, Brian acabou engravidando Rebecca, e assim nasceu Bruce Banner.

Após sofrer anos de abuso físico e psicológico, Rebecca decidiu que era hora de ela e Bruce fugirem, porém Brian os encontrou enquanto colocavam seus pertences no carro, e a matou batendo sua cabeça contra o chão.

E Bruce Banner matou seu pai

Bruce Banner matou seu pai Brian
(The Peerless Power of Comics!/Reprodução)

Depois desse evento traumático que foi a morte de Rebecca, Brian acabou sendo internado em um hospital psiquiátrico, enquanto Bruce passou a morar com sua tia Susan, que o criou muito bem.

Depois de 15 anos, o pai de Bruce saiu do confinamento e foi ficar com ele por um tempo, pois os médicos acreditavam que Brian já estava pronto para voltar a viver em sociedade – o que definitivamente não era verdade.

Após uma discussão, Bruce foi visitar o túmulo de sua mãe, pois era seu aniversário de morte; seu pai o seguiu e eles acabaram se confrontando fisicamente, e em um empurrão de Bruce com o pé, Brian acabou caindo para trás e quebrando o pescoço na lápide de Rebecca.

Bruce bloqueou as memórias da permanência de seu pai no local, fazendo-o acreditar que o espancou durante a luta. Ele foi embora do cemitério e acabou sendo morto por assaltantes.

Um gênio desde sempre

Bruce Banner, gênio desde criança
(Marvel Database – Fandom/Reprodução)

Bruce Banner é um dos maiores gênios da editora Marvel, e já mostrava isso desde quando era apenas uma criancinha, conseguindo fazer coisas complexas demais mesmo com sua pouca idade – e isso aumentou ainda mais o ódio de seu pai, que acreditava que só era possível devido à radiação.

Quando ingressou na faculdade sempre se destacou – em todas que esteve -, se tornando Ph.D. em Física Nuclear e também em outros campos.

Certa vez, Banner conheceu Tony Stark, o Homem de Ferro – quando ambos ainda eram mais jovens -, iniciando uma rivalidade científica entre os dois, que futuramente se tornou amizade.

Bruce Banner é um dos melhores cientistas do mundo, principalmente quando se trata de energia Gama.

O Nascimento do Incrível Hulk

O nascimento do Incrível Hulk
(Marvel Essentials/Reprodução)

Após se formar, o agora adulto e gênio em física nuclear Bruce Banner, desejava realizar feitos filantrópicos grandiosos no mundo da ciência, porém não recebia nenhum financiamento para seus projetos, fazendo com que acabasse indo trabalhar em uma Unidade de Pesquisa Nuclear do Departamento de Defesa dos Estados Unidos.

Lá, Banner conheceu Betty Ross (seu primeiro amor) e o pai dela, General Thaddeus E. “Thunderbolt” Ross – que se tornou um de seus maiores inimigos.

Bruce trabalhou para projetar a Bomba Gama – uma arma nuclear que possui uma alta saída de radiação -, que foi testada em um local que era considerado seguro, mas devido a um civil (Rick Jones) invadir a área de segurança, Banner acabou saindo de seu banker para salvá-lo, e na explosão foi atingido pela radiação, e ao invés de morrer, se tornou o poderoso e enorme Hulk.

Inicialmente, não seria verde

O Hulk nem sempre foi verde
(YouTube/Reprodução)

O Hulk nem sempre foi verde. Inicialmente, no design original do personagem estava previsto que ele seria cinza, mas por causa de problemas de impressão, acabou saindo com uma tonalidade esverdeada na revista, por ser uma cor de mais fácil impressão na época.

Com isso, a criatura acabou se tornando verde de vez, e posteriormente foi até apelidado de Gigante Esmeralda ou Golias Esmeralda.

No fim, a cor combinou muito bem, principalmente por causa da expressão “Ficar verde de raiva”, que veio da França.

Quase um lobisomem

Hulk e Wolverine admiram o pôr do sol
(Sad Moment/Reprodução)

Hoje em dia, o personagem se transforma de Bruce Banner para Hulk pela liberação de adrenalina quando fica muito excitado ou irritado, mas, no início, sua transformação acontecia por um motivo diferente, como se fosse uma “maldição do lobisomem” – tirando a parte da lua cheia -, pois sempre mudava de forma após o pôr do sol e voltava ao normal ao amanhecer.

Depois de algum tempo, seu modo de transformação mudou, podendo se transformar tanto de dia quanto de noite, dependendo de seu stress e não do horário.

Incrível Hulk foi um fracasso quando surgiu

Incrível Hulk Vol. 1 #6 de 1963
(Marvel Database – Fandom/Reprodução)

Pouca gente imagina isso, mas inicialmente o Hulk não agradou o público consumidor de HQs, e seus primeiros quadrinhos foram um fracasso, tanto que seu título solo foi cancelado com apenas seis edições em “Incrível Hulk Vol. 1 #6”, de março em 1963, menos de um ano após o primeiro lançamento.

Depois disso, passou a aparecer em outros quadrinhos de heróis como personagem secundário, com participações mais recorrentes em “Contos Para Surpreender”; voltando a ganhar um título solo apenas em abril de 1968 com “Incrível Hulk Vol. 1 #102”.

Não foi o primeiro personagem da Marvel com esse nome

Albert Poole, Hulk, Strange Tales Vol. 1 #75
(Marvel Database – Fandom/Reprodução)

O Hulk que conhecemos hoje não foi o primeiro (nem o segundo e nem o terceiro) personagem da Marvel a receber tal nome, a primeira vez aconteceu em junho de 1960 em “Contos Estranhos Vol. 1 #75”, de Stan Lee e Jack Kirby.

Na história única, Albert Poole é um homem que está cansado de ser zoado por sua baixa estatura, e então decide criar uma fórmula de crescimento a fim de se tornar mais alto, porém fracassa inúmeras vezes, resolvendo construir um robô gigante que pudesse ser operado por dentro.

Albert então construiu uma armadura, que ficou inicialmente conhecida como “o Poderoso Hulk”. Quando subiu e entrou nela, descobriu um “pequeno” detalhe: havia esquecido a chave da máquina e terminou trancado lá dentro; por sorte, lá tinham capsulas de água e comida para uma vida inteira.

Mais tarde, o personagem recebeu o nome de Grutan para que não houvesse confusão.

Além dele, antes da criação do Gigante Esmeralda que conhecemos hoje, o nome ainda foi reciclado algumas vezes: em novembro de 1960 surgiu Hulk Vivo na HQ “Jornada ao Mistério #62” (hoje conhecido apenas como Xemnu) , e em 1961, em “Contos para Surpreender #21”, o nome foi utilizado para um monstro laranja que foi chamado de Hulk. Hoje, é conhecido como “Glop”.

Bruce Banner tem vários filhos

Skaar Son of Hulk Vol 1 12
(Marvel Database – Fandom/Reprodução)

Embora a maioria dos leitores mais assíduos dos quadrinhos já saibam disso, grande parte do público desconhece que Bruce Banner teve vários filhos superpoderosos como o Hulk. Com Caiera, que foi sua esposa, ele se tornou pai de Hiro-Kala e Skaar.

Já com Tundra, o personagem teve uma filha chamada Lyra, que foi gerada usando o material genético da criatura em um experimento.

Também existem especulações de que Bruce Banner é pai de Carmilla Black, uma super espiã geneticamente modificada.

Além dos já citados, o personagem ainda possui inúmeros outros filhos, se levarmos em conta os universos alternativos.

Ele ama filhotes de cachorro

Hulk ama filhotes de cachorro
(Imgur/Reprodução)

O Hulk não gosta de muitas coisas, especialmente por quase sempre estar zangado, mas existe algo que nem o Gigante Esmeralda consegue controlar, seu amor por filhotes de cachorros.

Em “Indestrutível Hulk Especial Vol. 1 #1”, de 2013, Bruce Banner revela a S.H.I.E.L.D. que o “Hulk adora cachorrinhos”, e que isso pode ser usado como uma “arma” a fim de acalmar seu alter ego quando estiver fora de controle.

Com essa informação, a organização desenvolveu uma “bomba de cachorro”, que libera filhotes toda vez que é necessário, e assim descobrimos que a criatura realmente ama os animais, caindo na gargalhada e retornando calmamente para sua forma humana.

Skulk; a fusão entre o Gigante Esmeralda e Solomon Grundy

Skulk
(Wikia/Reprodução)

Em um dos raros crossover entre a Marvel Comics e a DC Comics, as editoras se uniram para criar um universo paralelo, onde seus personagens se fundiam; os quadrinhos eram lançados pela Amalgam Comics.

No final da década de 90, Hulk e Solomon Grundy se fundiram e formaram Skulk, uma mistura entre o lado humano de Bruce Banner e o do zumbi cinza da DC. Sempre que Banner se irritava, acabava adquirindo a forma de Solomon.

A primeira aparição do Wolverine aconteceu em um quadrinho do Hulk

Primeira aparição do Wolverine, Incrível Hulk Vol. 1 #180
(Ranker/Reprodução)

A primeira – e breve – aparição do Wolverine, um dos personagens mais queridos do Universo Marvel, aconteceu em outubro de 1974 em um quadrinho do Incrível Hulk: “Incrível Hulk Vol. 1 #180”, já a segunda – e completa – aconteceu em novembro de 1994 em “Incrível Hulk Vol. 1 #181”, onde Wolverine está presente na capa e tem grande destaque.

Thor, Demolidor e Stan Lee também apareceram pela primeira vez em filmes do Hulk

Thor, Stan Lee e Hulk em O Retorno do Incrível Hulk (1988)
(IMDb/Reprodução)

A primeira aparição “ao vivo” dos personagens Thor e Demolidor aconteceram em filmes do Hulk. O deus do trovão apareceu no lançamento de 1988 ( A Volta do Incrível Hulk ), enquanto o herói cego apareceu no de 1989 (O Julgamento do Incrível Hulk), assim como Stan Lee, que fez sua primeira de várias participações especiais.

Um dos membros fundadores dos Vingadores

Avengers Vol. 1 #1
(How to Love Comics/Reprodução)

O Hulk é um dos cinco membros fundadores do grupo Vingadores, tendo se juntado a outros quatro heróis: Thor, Homem-Formiga, Vespa e Homem de Ferro, a fim de deterem o vilão Loki, em “Avengers Vol. 1 #1”, de 1963.

Depois de algum tempo, o Gigante Esmeralda foi se mostrando cada vez mais incontrolável, e até chegou a ajudar Namor a lutar contra os Vingadores, deixando o grupo. Após a batalha, os heróis encontraram o Capitão América congelado, o qual acabou recebendo o status de membro fundador no lugar do Hulk.

Já foi um palhaço de circo

Hulk palhaço de circo
(Comic Book/Reprodução)

Durante a primeira HQ dos Vingadores, Loki leva o grupo recém-formado a pensar que Hulk está tumultuando as pessoas pela cidade.

Cansado de ser criticado e incompreendido, o herói foge, se esconde e se junta a um circo, usando maquiagem de palhaço e fingindo ser um robô fazendo malabarismo com grandes animais.

Hulk Vermelho

Thunderbolt, o Hulk vermelho
(Screen Rant/Reprodução)

Desde que Bruce Banner se transformou no Hulk, houve um homem que se tornou seu inimigo e o perseguiu por anos, General Thaddeus E. “Thunderbolt” Ross, que de um “simples” dever de capturar o Gigante Esmeralda, acabou transformando sua caça em uma obsessão, após falhar por anos em sua missão e presenciar diversas tragédias.

Para derrotar o Golias Esmeralda, o General Ross aceitou ser a ‘cobaia’ de diversos experimentos e se tornou o que mais odiava, um monstro bem semelhante à criatura, porém com a pele vermelha.

O Hulk Vermelho possui poderes bem parecidos aos do seu “irmão” verde, porém, quando fica irritado, em vez de ficar mais forte como acontece com o comum, seu corpo começa a emitir radiação – aumentando muito sua temperatura corporal -; além disso ele é capaz de absorver vários tipos de radiação.

E Mulher-Hulk Vermelha

Betty Ross, a She-Hulk vermelha
(Death Battle Fanon Wiki – Fandom/Reprodução)

Não bastasse o General Ross se transformar em Hulk, sua filha, Betty Ross – que havia morrido -, o amor de Bruce Banner, foi revivida e transformada em um monstro por um grupo de vilões superinteligentes; a Mulher-Hulk Vermelha, que é tão ou até mais poderosa que o seu pai.

Hulk Composto

Hulk Composto
(Marvel Database – Fandom/Reprodução)

Em uma edição dos quadrinhos do personagem lançado em 2011, o Gigante Esmeralda e o Gigante Escarlate enfrentam Xemnu, chegando a se ‘fundirem’ formando uma única criatura, chamada de Hulk Composto.

O Hulk Composto surgiu por causa do Homem Impossível, que uniu o “Verdão” e o “Vermelhão” para que eles pudessem potencializar seus poderes.

Bruce Banner odeia Freddie Prinze Jr.

Banner odeia Freddie Prinze Jr.
(MTV/Reprodução)

J. R. R. Tolkien é odiado pelo Homem de Ferro, mas não é só ele que possui um desafeto inspirado no mundo real, o Hulk também tem, pois o personagem detesta Freddie Prinze Jr.

Freddie Prinze Jr. é um ator que foi considerado um “galã teen” nos anos 90, e apesar de ser querido por muitos fãs, ele não tinha o carinho de Bruce Banner, o que não é nada bom.

Em um quadrinho lançado no início da década de 2000, Betty Ross está tendo um encontro com Freddie Prinze Jr., quando Banner descobre, acaba se transformando em Hulk e sai enfurecido por Nova Iorque destruindo boa parte da cidade.

Quando encontra Freddie, o Verdão tenta comê-lo, mas felizmente é detido pelo grupo Os Supremos (a versão Ultimate dos Vingadores).

Série Live-Action

O Incrível Hulk, série live-action (1978)
(IMDb/Reprodução)

O Hulk fez bastante sucesso no final dos anos 70 e no início dos anos 80, ganhando uma série live-action chamada “O Incrível Hulk” que contou com 82 episódios de 1 hora cada – juntando com os filmes que foram transformados em capítulos do seriado.

Na série, o cientista se chamava David Banner em vez de Bruce Banner. Ela foi protagonizada pelo ator Bill Bixby como David Banner e Lou Ferrigno como o monstro verde.

Bill Bixby e Lou Ferrigno (ambos falecidos) se imortalizaram no papel de seus personagens, tendo protagonizado diversos outros filmes do herói.

Poderes e Habilidades

Poderes do Hulk
(Debate Nerd/Reprodução)

O personagem é um dos grandes poderosos da Marvel Comics quando se fala em força bruta, e quanto mais se irrita mais poderoso fica; entre seus poderes e habilidades estão: força, vigor e resistência ilimitados; fator de cura acelerado; imunidade a todas as doenças conhecidas da Terra; envelhecimento desacelerado; velocidade sobre-humana; entre outros.

Já como Bruce Banner, o personagem é um super-gênio em física nuclear, multilingue; entre outras coisas.

Filmes do Hulk

Filmes do Incrível Hulk
(IMDb/Reprodução)

Além da série, o Hulk já protagonizou sete filmes no total, que são:

  1. O Incrivel Hulk – Como a Fera Nasceu (1977)
  2. O Casamento do Incrível Hulk (1978)
  3. A Volta do Incrível Hulk (1988)
  4. O Julgamento do Incrível Hulk (1989)
  5. A Morte do Incrível Hulk (1990)
  6. Hulk (2003)
  7. O Incrível Hulk (2008)

Universo Cinematográfico da Marvel

O Incrível Hulk (2008)
(IMDb/Reprodução)

O Gigante Esmeralda foi o segundo personagem a ganhar um filme no UCM (O Incrível Hulk – 2008), sendo protagonizado pelo ator Edward Norton.

Algumas especulações sugerem que a Marvel e Edward tiveram alguns conflitos, e por causa disso seu papel foi passado para Mark Ruffalo, que interpretou o personagem em: Os Vingadores (2012); Homem de Ferro 3 (2012); Vingadores: Era de Ultron (2015); Thor: Ragnarök (2017), e estará presente em Vingadores: Guerra Infinita (2018) e Vingadores 4 (2019).

Devido aos últimos filmes solo do Hulk terem sido considerados um fracasso, tanto de crítica quanto de público, é pouco provável que ganhe outro por agora, fazendo participações apenas em longas com outros heróis.​

Qual sua curiosidade preferida sobre o personagem?