Halloween Filme

Uma das datas mais populares nos Estados Unidos, o Halloween, ou como é conhecido aqui no Brasil, Dia das Bruxas, aguça bastante a criatividade de diretores norte americanos. E é graças a essa data que temos hoje uma das franquias mais icônicas de terror, Halloween – só que aqui não há doces, só travessuras.

Os longas da franquia seguem um princípio básico, um assassino mascarado que persegue suas vítimas incessantemente até que o seu objetivo se concretize, uma morte rápida, e muito dolorosa. Mas geralmente tem sua identidade revelada pelo mocinho do filme, e é quase sempre derrotado nos minutos finais.

Lançado originalmente em 1978, sob direção de John Carpenter, Halloween – A Noite do Terror, se tornou uma grande influência para os filmes do gênero, que seguem à risca a ‘receita do bolo’. Confira algumas das principais curiosidades que circulam as produções de um clássico que já tem quase 40 anos de idade.

15 fatos curiosos sobre os filmes de Halloween

O ano, 1978

Jamie Lee Curtis e Nick Castle em Halloween (1978)
(IMDb/Reprodução)

A ideia era fazer um filme diferente, que despertasse a curiosidade do espectador, utilizando um tema batido, mas bastante popular, o Dia das Bruxas.

Com um orçamento baixo, aproximadamente US$325 mil, Halloween arrecadou mais de US$70 milhões ao redor do mundo, US$47 milhões apenas nos Estados Unidos.

Parece que deu certo.

Inspiração

George O'Hanlon Jr. e Will Sandin em Halloween (1978)
(IMDb/Reprodução)

John Carpenter usou como inspiração um garoto que estava se tratando em um hospital psiquiátrico. Durante o período de permanência do mesmo, em uma das alas médicas, o garotinho o encarava com um ‘olhar psicopata’ através de uma janela; como o diretor já tinha um certo reconhecimento por filmes de terror anteriores, ele resolveu bolar um novo roteiro, e dar vida a Michael Myers.

A cena citada acima foi recriada no filme; o que a torna ainda mais expressiva quando vista como algo que realmente aconteceu.

Gravação

John Carpenter gravações de Halloween (1978)
(IMDb/Reprodução)

Em apenas 21 dias durante a primavera de 1978 nos Estados Unidos, foram gravadas todas as cenas necessárias para a montagem do filme. O orçamento era baixo, então o tempo era algo muito valioso.

Um ícone para o gênero

Halloween (1978)
(IMDb/Reprodução)

Quem não conhece Psicose – um dos melhores suspenses de todos os tempos -, o longa foi precursor do subgênero Slasher; filmes de terror em que serial killers – geralmente mascarados – matam aleatoriamente. Mas foi com Halloween – A Noite do Terror, que o subgênero engrenou e deslanchou de vez.

Vilões que odeiam casais amorosos; que não correm atrás de suas vítimas, mas sim teletransportam para a frente delas; que morrem de mentirinha; tudo isso graças a Michael Myers.

Outros filmes slasher:

  • A Hora do Pesadelo
  • Sexta-Feira 13
  • O Massacre da Serra Elétrica
  • Pânico

Michael Myers

Michael Myers (Nick Castle) em Halloween (1978)
(IMDb/Reprodução)

O personagem criado por John Carpenter, apareceu pela primeira vez em 1978, onde é retratado como uma criança de seis anos que assassina a própria irmã mais velha, Judith Myers, na noite de Halloween, por não aguentar mais os abusos sofridos. Sendo internado em um hospital psiquiátrico durante quinze anos, até fugir e regressar à sua cidade de origem, Haddonfiel, Estados Unidos, onde começa uma onda de assassinatos insolucionáveis.

Michael Myers é o antagonista de toda a série Halloween, com exceção de Halloween III – A Noite das Bruxas (1982). Myers foi interpretado originalmente por Nick Castle, e substituído ao final da produção do primeiro filme por Tony Moran e Tommy Lee Wallace, que também deram vida ao assassino em série. No total, 11 atores interpretaram o psicopata.

Ao contrário do que se pensa, Michael Myers não é 100% sádico, ele ainda tem um código de conduta, que é o de não matar crianças. Isso fica bem evidente em H2: Halloween 2, quando uma criança quer ser amiga de Michael.

Confira:

A máscara do vilão

Michael Myers (Nick Castle) em Halloween (1978) 2
(IMDb/Reprodução)

Por se tratar de um filme de orçamento baixo, a máscara comprada para esconder a face do vilão foi a mais genérica e barata possível. É a mesma usada por Mark Preston (William Shatner), em The Devil’s Rain (1975), porém com algumas pequenas customizações.

Obviamente, depois de todo o sucesso do filme, se caracterizar como Michael Myers deixou de ser algo barato, as máscaras mais realistas chegam a custar R$500 reais atualmente.

Michael Myers usou 13 máscaras ao todo nos filmes da franquia.

O figurino

Figurino do elenco de Halloween (1978)
(STORIES BEHIND THE SCREEN/Reprodução)

Em blockbusters é comum os personagens usarem sempre roupas especiais, para serem retocadas na pós produção; bem diferente do que acontece em produções de menor orçamento. Em Halloween – A Noite do Terror, por exemplo, os atores tiveram que usar as próprias roupas na produção.

Nada como ter um guarda-roupas recheado de ‘fantasias’.

A trilha sonora

Trilha sonora de Halloween (1978)
(IMDb/Reprodução)

Se há uma coisa que dá destaque a um filme, é sua trilha sonora, e John Carpenter fez isso brilhantemente, quem não conhece o som agoniante de “Halloween Theme Main Title”. Carpenter é bastante conhecido por criar as trilhas sonoras para seus longas, chegando a ganhar um Saturn Award para a melhor música em 1998, com a trilha do filme Vampires.

A inspiração para o tema de Halloween veio por causa de um exercício de 5×2 que o pai de Carpenter o havia feito praticar quando era criança. Isso é citado em uma entrevista que John Carpenter deu para a TV em 1999, 21 anos após o lançamento do primeiro longa nas telonas.

O tema principal da franquia Halloween é visto atualmente como parte da cultura popular norte americana.

Donald Pleasence

Dr. Loomis (Donald Pleasence) em Halloween (1978)
(IMDb/Reprodução)

O personagem de Pleasence, Dr. Samuel Loomis, foi inspirado em outro de mesmo nome do filme Psicose, Dr. Sam Loomis, ambos abreviados para Dr. Loomis.

Donald Pleasence infelizmente faleceu em 1995, vítima de problemas cardíacos. Sua última participação na franquia foi em Halloween 6 – A Última Vingança, também de 1995.

Jamie Lee Curtis

Jamie Lee Curtis Halloween (1978)
(IMDb/Reprodução)

Mais uma pequena grande associação a Psicose; Jamie Lee Curtis é filha de Janet Leigh, atriz que deu vida à personagem Marion Crane no filme de 1960.

Curtis foi convidada para atuar em Halloween – A Noite do Terror, graças à publicidade gratuita que a atriz de 19 anos traria. Seu papel, Laurie Strode, a irmã caçula de Michael Myers. Esse foi o primeiro filme que Curtis atuou na vida.

Em um filme de baixo orçamento, cada centavo economizados faz diferença no resultado final, então publicidade gratuita foi mais do que bem vinda.

Laurie Strode

Laurie Strode (Jamie Lee Curtis) Halloween (1978)
(IMDb/Reprodução)

Apesar de Strode ser a protagonista da história, na luta pela sobrevivência contra seu irmão psicótico, ela aparece em apenas quatro dos dez filmes da franquia.

Laurie Strode é o nome da primeira namorada de John Carpenter, isso foi revelado por Debra Will, roteirista do primeiro longa da franquia.

Um reboot nada incrível

Hanna Hall e Daeg Faerch em Halloween (2007)
(IMDb/Reprodução)

Reboots são sempre criticados, e se formos olhar pelo lado da quantidade de filmes bons que tentaram refazer, com mais recursos tecnológicos e dinheiro, que não deram nada certo, a crítica se torna bastante plausível.

Em 2007 foi lançado Halloween – O Início, um reboot do longa de 1978, mas que não conseguiu agradar ao público, mesmo com um orçamento 46 vezes maior.

Foram lançados 10 longas para a franquia Halloween até o momento…

Capas do filmes de Halloween
(Reprodução)

Aqui vai uma lista com todos os filmes Halloween lançados até o momento, com título e data, caso você tenha perdido algum:

  1. Halloween – A Noite do Terror (1978)
  2. Halloween II – O Pesadelo Continua (1981)
  3. Halloween III – A Noite das Bruxas (1982)
  4. Halloween 4 – O Retorno de Michael Myers (1988)
  5. Halloween 5 – A Vingança de Michael Myers (1989)
  6. Halloween 6 – A Última Vingança (1995)
  7. Halloween H20 – Vinte Anos Depois (1998)
  8. Halloween: Ressurreição (2002)
  9. Halloween – O Início (2007)
  10. H2: Halloween 2 (2009)

Já se passaram 8 anos desde o último lançamento

Tyler Mane em Halloween II (2009)
(IMDb/Reprodução)

H2: Halloween 2 foi lançado há quase 9 anos. O longa foi detonado pela crítica, e o resultado veio nas bilheterias, arrecadando apenas US$39,3 milhões, dando prejuízo ao estúdio produtor.

Uma nova esperança

Poster Halloween (2018) - Jamie Lee Curtis e Nick Castle
(Ecran Large/Reprodução)

Em 2018, há a chance de a franquia se redimir, com o lançamento de Halloween, filme que dá sequência aos acontecimentos dos dois primeiros longas. A estreia é prevista para o dia 18 de outubro de 2018.

Jamie Lee Curtis e Nick Castle retornam aos papeis que interpretaram há quase 40 anos.

Acrescentaria mais alguma curiosidade à lista?