La Casa de Papel foi criada por Álex Pina para a Antena 3, Espanha. Estreou em 2 de maio de 2017, e foi adicionada internacionalmente na Netflix no dia 25 de dezembro. Ela segue ‘El Professor’, Tóquio, Rio, Berlim, Moscou, Denver, Nairobi, Oslo e Helsinque, em um plano de assalto à Casa da Moeda da Espanha. O objetivo é ousado, imprimir 2,4 bilhões de euros e, para isso, precisam de onze dias de reclusão, lidando com reféns e as forças da Polícia de Elite.

A série chegou despretensiosamente no catálogo Netflix, foi gerando comentários, especialmente um ‘boca a boca virtual’, e acabou se tornando um dos assuntos mais falados nos últimos meses.

Existem algumas razões que explicam toda essa identificação dos espectadores com a série de assalto espanhola. Conheça algumas!

Motivos para estarmos viciados em La Casa de Papel:

O plano perfeito (e suas falhas)

O plano perfeito La Casa de Papel
(Netflix/Reprodução)

Somos apresentados ao plano perfeito do ‘El Profesor’ desde o início da série, conhecendo suas razões e vendo suas respostas para tudo, deixando clara a sua dedicação e inteligência. Quando é colocado em ação, acompanhamos uma sucessão de acertos na trama, em que os assaltantes estão “sempre” à frente da investigação. Ao nos identificarmos com o lado que está ganhando e seus motivos, passamos a torcer e a vibrar por cada pequena vitória, especialmente quando surgem os contratempos.

A corrida contra o tempo

Corrida contra o tempo La Casa de Papel
(Netflix/Reprodução)

A cada minuto que passa, os investigadores estão avançando, descobrindo novas pistas e fechando o cerco para os assaltantes. Sempre que termina um capítulo, em que há algo importante revelado, sabemos que o tempo que resta para imprimir o dinheiro e cavar o túnel é menor, criando pressão e expectativa em nós expectadores, quase nos fazendo parar o tempo pra que eles consigam seguir com o plano.

A mescla de gêneros

Mescla de gêneros La Casa de Papel
(Netflix/Reprodução)

Uma história de assalto, que envolve tensão, ‘violência’ e armas, mesclados com momentos tranquilos, de comemoração e relacionamentos, até mesmo entre assaltantes e reféns. Uma junção que nos dá um certo conforto, alternando entre conflitos e momentos para vibrar.

Personagens distintos

Personagens distintos La Casa de Papel
(Netflix/Reprodução)

Uma mistura de jovens e experientes, alguns que sabem exatamente o que estão fazendo, agindo com naturalidade, mesmo nos contratempos, enquanto outros estão sempre apreensivos e agindo por impulso. E isso é refletido no elenco, com atores espanhóis já consagrados, e outros que são jovens promessas.

Cuidado estético

Cuidado estético La Casa de Papel

La Casa de Papel apresenta planos e qualidade estética acima da média. Uma curiosidade é que cada capítulo tinha mais de 100 pessoas envolvidas para que saísse impecável. Convenhamos, realmente é confortável o visual da série.

A segunda remessa de episódios estreia em 6 de abril de 2018. Enquanto isso, confira curiosidades sobre La Casa de Papel.