Melhores Momentos Torneio do Poder Dragon Ball Super

A obra Dragon Ball, criada por Akira Toryama, foi marcada por diversos torneios de artes-marciais, que aconteceram ao longo dos anos, onde a dificuldade sempre foi aumentando de acordo com o amadurecimento e fortalecimento de Goku, principal personagem da franquia.

Goku sempre foi obcecado por lutas desde criança, fazendo com o que ele superasse seus limites buscando novos adversários cada vez mais difíceis, que iam desde humanos a extraterrestres que vinham em busca de dominar a terra.

O MAIOR torneio de todos

Em Dragon Ball Super, não poderia ser diferente e, mais uma vez, temos outro torneio, o maior de toda a história do anime: o Torneio do Poder – uma espécie de Battle royal -, onde os 10 guerreiros de 8 universos diferentes – totalizando 80 lutadores – se reuniram para lutar e que decidir qual universo continuará a existir e quais serão apagados sem deixar rastro.

Listarei os que, para mim, foram as 15 melhores coisas/momentos que aconteceram no torneio até então.

As 15 melhores coisas do Torneio do Poder:

15. Torneio estilo Battle royal

Deuses da Destruição Dragon Ball Super episódio 96
(Reprodução)

80 guerreiros (10 de cada universo) se enfrentando de forma simultânea, o que fez com que as estratégias fossem mais importantes do que o poder em si em determinados momentos. Apesar de que, na prática, isso não tenha sido realmente explorado como poderia, foi uma boa sacada.

14. Lutas emocionantes e novos personagens marcantes

Trio De Dangers vs Goku Dragon Ball Super episódio 98
(Reprodução)

Por ter 80 personagens, nem todos foram ‘destaque’ – na verdade bem poucos -, porém, alguns que foram criados exclusivamente para o torneio ficarão marcados na memória por algum motivo, principalmente pelas grandes batalhas que nos apresentaram, entre eles: Jiren, Caulifla, Kale, Narirama, Trio De Dangers e outros.

13. As reações de Zen’oh

Zen'oh Destruição Dragon Ball Super episódio 123
(Reprodução)

As reações dos Zen’oh ao assistirem as lutas são bem engraçadas. Lembrando o comportamento de uma criança, reagindo e ficando empolgado com as batalhas.

12. A aparição de Jiren e do Universo 11

Jiren Universo 11 Destruição Dragon Ball Super episódio 96
(Reprodução)

Desde o momento que apareceu na arena, o Universo 11 já mostrou ser o mais forte de todos os que ali estavam, principalmente pela presença de Jiren, que possuía um Ki muito poderoso – o que foi notado pelos lutadores mais experientes. Durante a etapa inicial Jiren já mostrou que seria o adversário a ser batido, principalmente quando surgiu atrás de Goku sem o mesmo percebê-lo, e também no momento em que não desviou das pedras quando os deuses estavam consertando a arena.

11. Freeza traindo Frost

Frieza vs Frost Dragon Ball Super episódio 108
(Reprodução)

Em todo o Torneio do Poder, foi especulado que Freeza e Frost – guerreiro do Universo 6 que pertence a mesma raça de Freeza – trabalhariam juntos para atingir seus objetivos. E, em certo momento, isso realmente pareceu que aconteceria, porém, Freeza mostrou mais uma vez que não é chamado de Imperador do Mal sem razão, traindo Frost e o jogando para fora da arena, além daquela velha e boa humilhada que já é característica de Freeza.

10. A queda de Ribrianne e do Universo 2

A queda de Ribrianne Dragon Ball Super episódio 117
(Reprodução)

A presença de Ribrianne e do Universo 2, de modo geral, foi um ponto fraco do Torneio do Poder, com diversos personagens com design tosco e frases repetitivas sobre “amor” a todo o momento. A principal guerreira, Ribrianne, era a mais chata de todas, e sua derrota pelas mãos da Androide 18 foi muito comemorada pelos fãs da série (inclusive por mim), assim como a queda do restante de seu universo.

9. Fusão Potara de Caulifla e Kale = Kefla

Kefla Dragon Ball Super episódio 114
(Reprodução)

A saga do Torneio do Poder nos apresentou duas novas saiyajins do Universo 6 – Kale e Caulifla -, saiyajins essas com grande potencial, além de extremamente fortes. Elas mostraram seu grande poder, e o por que de fazerem parte da raça guerreira mais temida do universo. Mas apesar de grande força, elas ainda não foram capazes de derrotar alguns inimigos.

Eis que surgiu um trunfo, se já eram poderosas separadas, o que aconteceria caso se fundissem? Pois é, essa foi a arma secreta de Champa para a sobrevivência de seu mundo. A fusão entre as duas resultou no nascimento da poderosa Kefla, que foi capaz de pressionar até mesmo Goku, fazendo com que ele despertasse novamente o Migatte no Goku’i para finalmente conseguir derrotá-la. Essa foi a terceira (Vegeta e Goku se fundiram 2 vezes, dando origem a Vegetto) fusão Potara entre saiyajins, e além de nos proporcionar uma grande batalha, ainda nos trouxe aquela nostalgia.

8. A Fusão quádrupla do Universo 3 = Anilaza

Anilaza Dragon Ball Super episódio 121
(Reprodução)

O Universo 3 não havia apresentado nada de interessante até o momento, o que dava a entender que era o mais frágil dentre os 8 presentes na arena, mas ele revelou no momento final, que ainda tinha uma incrível carta na manga; uma fusão quádrupla entre os 4 últimos guerreiros restantes.

O resultado final foi Anilaza, um lutador gigantesco e com um design muito bonito, que conseguia transmitir a sensação de poder do personagem. Ele se provou extremamente forte, pressionando todos os guerreiros do Universo 7 restantes na arena, além de apresentar golpes bem interessantes. Sua derrota só aconteceu devido ao trabalho em equipe do Universo 7 e a estratégia do Número 17, que conseguiu descobrir seu ponto fraco para finalmente derrotá-lo.

7. Mestre Kame provando que não é chamado de mestre à toa

Mestre Kame Dragon Ball Super episódio 105
(Reprodução)

O velhinho tarado está presente desde o início da franquia, e sempre foi um dos meus personagens favoritos, mas há bastante tempo não o víamos na ativa – nas sagas anteriores e em DBZ -, felizmente isso mudou em Dragon Ball Super, onde ele novamente teve um pouco de destaque – mais do que merecido, por sinal. Mestre Kame foi um dos 10 convocados do Universo 7 para lutar no Torneio do Poder, e sua presença foi muito satisfatória – e triste para seus fãs em determinado momento -, provando que apesar de ‘velho’, ele ainda tem muita lenha para queimar, protagonizando grandes lutas – e derrotando diversos oponentes -, nos mostrando sua “forma” musculosa, o icônico Mafuba, e demonstrando ser um grande estrategista, deixando claro que nem sempre o mais forte vence, mas sim o que sabe analisar melhor o combate.

6. Androide 17 mostrando o por que sua volta no anime foi um dos maiores acertos de Dragon Ball Super

Androide 17 vs Katopesla Dragon Ball Super episódio 115
(Reprodução)

Além de Mestre Kame, outro personagem que há muito tempo estava esquecido finalmente retornou, nada menos que Androide 17, que protagonizou uma das melhores lutas da franquia contra Piccolo. Até o momento ele tem se mostrado o melhor personagem do Universo 7, embora não seja o mais forte, é o que vem tendo as melhores estratégias e trabalhando em equipe quando necessário. Já derrotou muitos adversários, provando que ainda é um grande lutador e estrategista. E indo além dos combates, ainda protagonizou cenas engraçadas – como a que impediu a transformação das guerreiras do Universo 2, por exemplo.

5. O Final Flash mais poderoso

Vegeta Final Flash Dragon Ball Super episódio 122
(Reprodução)

Após realizar um luta dura com Jiren no episódio 122, Vegeta já se encontrava exausto, e ao ser “questionado” por Jiren, ele decidiu usar sua ‘carta na manga’, liberando um poder muito além do seu limite, para utilizar o seu golpe mais forte, o Final Flash. A cena, além de muito bem animada, ainda contou com grandes referências a outra luta do príncipe dos saiyajins, que fez algo parecido contra Cell. O golpe não foi suficiente para derrotar Jiren, porém até ele ficou surpreso com tamanho poder.

4. O orgulho de Vegeta e sua nova transformação

Vegeta nova transformação Dragon Ball Super episódio 123
(Reprodução)

Vegeta é meu personagem favorito de Dragon Ball, e algo que eu, assim como a maioria de seus fãs sempre sentiu falta, foi de uma transformação só sua. Felizmente, finalmente nós pudemos apreciar esse momento, onde após lutar orgulhosamente contra Jiren e ser derrotado, ele ressurgiu no episódio 123 com um poder que ultrapassa o Super Saiyajin Blue – e o melhor, dessa vez sua motivação não é ficar apenas mais forte, mas também cumprir uma promessa que fez a seu “discípulo”. Seu novo Super Saiyajin Blue ficou com um design bem mais bonito que o comum, com sua aura e cabelos mais escuros, mais musculoso e com pupilas.

3. A mais poderosa Genki Dama

Goku Genki Dama Dragon Ball Super episódio 109
(Reprodução)

Ao se deparar com Jiren, um guerreiro que transcende as expectativas de Goku, o lutador do Universo 7 se vê encurralado, enfrentando um adversário nunca visto antes, e após ser derrotado mesmo com seu Blue Kaioken x20, só resta uma última estratégia, usar a Genki Dama – seu golpe mais forte – mais poderosa de todos os tempos com a ajuda de seus companheiros – que passaram um pouco de suas forças a Goku, exceto Vegeta. Trazendo de volta um golpe nostálgico que sempre foi utilizado em momentos críticos de Dragon Ball, e novamente veio aquela sensação de nostalgia e emoção.

2. Goku desperta o Migatte no goku’i

Goku Migatte no Goku'i Dragon Ball Super episódio 110
(Reprodução)

Nem a Genki Dama foi suficiente para deter Jiren, que conseguiu até mesmo devolver o golpe, fazendo com que Goku quebrasse sua “cabaça” e superasse seus limites, utilizando a técnica dos anjos, Migatte no goku’i, que permite ao usuário movimentar seu corpo sem a necessidade de usar os comandos do cérebro, ou seja, de forma instintiva. A “transformação” é simples – com seu cabelo preto semelhante ao normal, olhos com pupilas prateadas e uma aura azulada rodeando todo seu corpo -, mas mesmo simples, é um das mais bonitas de toda franquia. Em sua apresentação pudemos presenciar a melhor animação de DBS, além de uma grande batalha. A cena lembrou bastante quando Goku se transformou pela primeira vez em Super Saiyajin.

1. Goku e Vegeta finalmente lutando juntos

Vegeta e Goku vs Jiren Dragon Ball Super episódio 124
(Reprodução)

Apesar de já terem se ajudado em alguns momentos de outras sagas, Goku e Vegeta nunca haviam realmente lutado juntos contra um mesmo adversário, sempre se revezavam.

Ao se depararem com Jiren, cuja a força está além da compreensão atual dos dois saiyajins, eles foram obrigados a finalmente deixarem seu orgulho de lado e lutarem em dupla, para talvez assim terem alguma chance contra o mais forte do Torneio do Poder.

E para você, quais são os melhores momentos? Acrescentaria algum à lista?